domingo, 31 de maio de 2015

Para o relax


(imagem minha se quiserem retirar por favor pedir autorização)

Eu já tinha ouvido falar de arte terapia e das maravilhas que esta faz para combater o stress, a apatia e a tristeza e como andava curiosa e já tinha visto uns quantos livros hoje decidi comprar um. O meu é composto por mandalas e desenhos budistas para colorir, já o tinha visto uma vez e "perdi-me de amores"e hoje como até o encontrei mais barato fiz logo esta nova aquisição.
Até agora só pintei um desenho porque isto também é para se pintar com calma, e é essa imagem que vêem neste post. Eu sempre admirei profundamente o budismo e um dia pretendo mesmo envolver-me mais nessa filosofia de vida que me cativa (mas isso já é material para outro post :b).
Quem tem curiosidade neste tipo de livros eu acho que valem bem a pena, porque não só trazem dezenas de figuras para colorir como pela minha única experiência já senti resultados positivos. 

A mensagem da página ao lado do desenho é:
"Como te movimentas numa lagoa, cada momento de consciência expande-se desde o próprio centro, contendo na sua forma-padrão a configuração de todos os fenómenos do universo, materiais e imateriais. E, assim, o processo de se centrar -recolher-se em si mesmo- é também um mandala. -José e Miriam Argüelles"

Love, S.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Estes dias


🌅

Os dias cada vez mais longos mantêm a promessa de continuarem a fazer crescer a luz ou apenas a claridade do sol por mais um pouco. A extensão mágica das tardes misturadas com horas da noite, mas noite não parece até desaparecer completamente o pôr do sol e o efeito deixado por este. As andorinhas voam todo o dia junto à minha casa e a estas horas, apesar de algumas já se terem recolhido, as outras pousam nos portões ou nos fios talvez a aproveitar o maravilhoso espetáculo que é o anoitecer.
Parece que estes dias trazem uma energia renovada. Algo de especial em ver que a natureza acordou do sono do inverno e que em breve estará cada vez mais presente o sal na pele, a sensação refrescante do mar e a brisa da praia que em mim desperta algo que provavelmente nunca saberei bem explicar. É a vida que o sol me traz e a promessa de dias que parecem sempre mais felizes. Algo associado a este tempo e ao que observo no dia à dia, porque quando paro para reparar realmente naquilo que me rodeia vejo alguns momentos tão bonitos que é difícil não sorrir com estes.

Love, S.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

ODEIO!


Ignore | via Tumblr

Tento seriamente não me chatear mas há pessoas que tiram do sério, e hoje tenho mesmo de desabafar sobre isso.
Odeio pura e simplesmente a mentalidade(zinha) das pessoas de "lixar o próximo", sim porque amar já está mais que ouvido então há quem decida inovar.
Então em Geografia na minha turma fazemos trabalhos que valem como um teste, e neste período, devido ao tempo reduzido, só houve 1 trabalho e as pessoas pensam do seguinte modo: "Como vamos tramar os outros hoje?". E pronto com as suas cabeças de génios fizeram críticas que nada tiveram de construtivas e com o propósito mesmo de dar avaliações de porcaria, e isto não só para o meu grupo. O meu trabalho baseou-se em gráficos, percentagens e valores que o grupo estudou ao pormenor e ainda, para facilitar a explicação, explicámos cada parâmetro em vez de mostrar somente os números porque assim cansávamos as cabecinhas pensadoras dos queridos colegas.
Acreditem que não me revolto só porque o meu trabalho foi aquele que escolheram para ir à baila. Revolto-me porque sei perfeitamente como alguns elementos desta turma são e desde início do ano que a mim, e a mais alguns, querem estragar as notas no que conseguirem.
E o que mete uma piada enorme é quando se fingem de amiguinhos quando precisam de ajuda, têm uma lata.

Love, S.

sábado, 23 de maio de 2015

Uma ideia das minhas


via Tumblr

Já andava há algum tempo para plantar as minhas flores predilectas e hoje, como já tinha as sementes comigo e não tinha nada para fazer, decidi meter não mãos à obra mas sim à terra e lá plantei uns futuros (espero eu) girassóis (que são girassóis anões e por isso dá para ter no quintal). 
Com todo o carinho e cuidado coloquei a terra nos vasos, um deles é um mini-vaso inclusive feito por mim a partir de uma garrafa, e coloquei as sementes, mais terra e reguei um pouco. 
Espero que dê resultado porque adoro girassóis e raramente os encontro! 
Desejem-me sorte :p

Love, S.

terça-feira, 19 de maio de 2015

#02- Uma carta para...


Aqueles que já partiram

"Tenho saudades. Saudades vossas, pessoas que da minha vida fizeram parte. Aliás fazem ainda parte e farão sempre, mas a distância dói. Não vos ter perto e saber que algures em algum lugar podem estar a olhar por mim, mas a presença física, a proximidade de viverem umas ruas acima ou mesmo do outro lado do país já não existe. Não existe aquele aperto do abraço, o sorriso presente, a forma de falar ou agir, os tempos passados em conjunto. Existem as memórias que estão sempre comigo, existem lágrimas por vezes derramadas à noite quando recordo tudo uma e outra vez... Existe a diferença que marcaram em mim e a forma como me abalou a vossa partida deste mundo. 
Não dedico esta carta a apenas uma pessoa, porque todos aqueles que não estão me fazem falta. A vocês: minha avó, o meu avó, meus tios, até meus animais que tive, e que muita gente não compreende a dor por algo que dizem não ser uma pessoa, mas que para mim valem mais do que muitas. 
Não pensem que vos recordo apenas com a tristeza e a dor que é não estarem aqui. Recordo tudo o que de bom vivemos, recordo sobretudo as alegrias e os momentos partilhados e por isso custa tanto saber que não há a possibilidade de os viver de novo e por isso os revivo na minha cabeça. Não sei o que existe depois "disto" mas tenho esperança de que haja algo mais, algum lugar em que aqueles que amamos estão reunidos novamente connosco mesmo que não seja fisicamente. E acredito vivamente que vos tenho a acompanhar-me nesta jornada que é a vida. "

Love, S.

domingo, 17 de maio de 2015

Passeio de domingo

(fotografia da minha autoria, podia ser melhor mas vá)


Hoje não foi dia de praia mas foi dia de passeio que soube mesmo bem!
Saímos de casa (eu, família e o meu amor) ainda era cedo, mas nem sequer custou porque isso significava que podíamos aproveitar melhor o tempo e ainda não estava logo aquele clima abafado da tarde.
Já não passeávamos assim há algum tempo, visto que ultimamente temos ido é fazer caminhadas , o que não digo que não seja maravilhoso porque adoro estar em contacto com a natureza e respirar o ar que passa entre as árvores e que até vem com o cheiro a eucalipto ou outros aromas igualmente refrescantes, mas um passeio perto do mar já fazia falta.
O mais leve vento que traz aquele cheiro a maresia  já é uma alegria e o barulho das ondas é melodia para os meus ouvidos. Sempre amei o mar e a praia. E apesar de gostar de todas as estações aquele que é a de eleição será sempre sem sombra de dúvida o verão. 

Por isso hoje foi uma manhã e um início de tarde muito felizes e positivos, mas agora tenho de me dedicar aos estudos que amanhã é o último teste e tem mesmo de ser.
Espero que o vosso fim-de-semana tenha sido fantástico (:

sexta-feira, 15 de maio de 2015

#03

Pretty art. - seguimi - follow me - siganme

Por vezes deixo-me vaguear por pensamentos, sonhos, ideias. Vagueio durante segundos ou longos minutos que se sucedem uns após outros. Penso sobre tudo. Penso sobre nada. Limito-me a afastar-me um pouco da minha cabeça que é um pouco confusa às vezes e que tanto me faz pensar e voltar a pensar, mas para tentar não pensar em tanta coisa penso em algo diferente. Mas continua aquele ato de pensar. É cansativo porque não me consigo abstrair. Já fui pior e agora tento simplesmente relaxar e respirar fundo e resulta maior parte do tempo. Talvez um dia consiga ser uma pessoa mais calma, mas por agora ando sempre acelerada. Não me importo porque costumo ter muita energia, mas mesmo assim... às vezes é chato pensar demais.

Love, S.


quarta-feira, 13 de maio de 2015

Verão, por favor!

Summer

Bem e eu ando numa correria agora nesta etapa final com testes e trabalhos e entregas e já estou com os meus cabelos em pé e ando num estado maluco... Mas, ao menos chegou o bom tempo. 
Apesar de dizerem que amanhã piora um bocadinho depois vai voltar a ficar bom, esperemos nós. Mas este tempo tem prós e contras. É óbvio que as vantagens são felicidade com que o sol me presenteia, poder voltar a usar manga curta e vestidos sem passar frio, ver o verão cada vez mais perto, a sensação de optimismo que estes dias me trazem e poder ir passear com bom tempo. Mas os contras é que com este bom tempo só me apetece mandar fora os livros e ir a correr para a praia... bem é este o único contra :p 
Agora a olhar pela janela e ver ainda alguma claridade alegra-me. Faz lembrar mesmo os dias de verão que parecem prolongar a luz e dão vontade de ficar pela rua mais tempo, ficar simplesmente a ver a luz desaparecer naquele espetáculo que é para mim o pôr-do-sol. 
Mas ainda falta um mês e tal para o verão, mas a contagem decrescente já começa!

Love, S.

sábado, 2 de maio de 2015

#02


(não que goste só de gatos e cães mas a imagem é uma ternura ^.^)

Se pudesse tinha mil e um animais em minha casa! Simplesmente adoro praticamente todo o tipo de animais e talvez um dia possa ter mais. Acho que muitas vezes os bichinhos são milhões de vezes melhores que as pessoas e são leais aos donos desde que tratados com respeito e com o carinho que merecem. 
E os maus tratos a animais deveriam ser seriamente punidos, mas dado às leis que temos são feitas 2000 e tal denúncias de maus tratos a animais e apenas 30 são constituídos casos... Enfim odeio esta sociedade em tanta coisa.

Mas irei sempre adorar animais (:

Love, S.