terça-feira, 19 de maio de 2015

#02- Uma carta para...


Aqueles que já partiram

"Tenho saudades. Saudades vossas, pessoas que da minha vida fizeram parte. Aliás fazem ainda parte e farão sempre, mas a distância dói. Não vos ter perto e saber que algures em algum lugar podem estar a olhar por mim, mas a presença física, a proximidade de viverem umas ruas acima ou mesmo do outro lado do país já não existe. Não existe aquele aperto do abraço, o sorriso presente, a forma de falar ou agir, os tempos passados em conjunto. Existem as memórias que estão sempre comigo, existem lágrimas por vezes derramadas à noite quando recordo tudo uma e outra vez... Existe a diferença que marcaram em mim e a forma como me abalou a vossa partida deste mundo. 
Não dedico esta carta a apenas uma pessoa, porque todos aqueles que não estão me fazem falta. A vocês: minha avó, o meu avó, meus tios, até meus animais que tive, e que muita gente não compreende a dor por algo que dizem não ser uma pessoa, mas que para mim valem mais do que muitas. 
Não pensem que vos recordo apenas com a tristeza e a dor que é não estarem aqui. Recordo tudo o que de bom vivemos, recordo sobretudo as alegrias e os momentos partilhados e por isso custa tanto saber que não há a possibilidade de os viver de novo e por isso os revivo na minha cabeça. Não sei o que existe depois "disto" mas tenho esperança de que haja algo mais, algum lugar em que aqueles que amamos estão reunidos novamente connosco mesmo que não seja fisicamente. E acredito vivamente que vos tenho a acompanhar-me nesta jornada que é a vida. "

Love, S.

10 comentários:

  1. Força, querida * Eu sei como isso é duro :(

    ResponderEliminar
  2. Força, sei bem o que é ter saudades daqueles que já partiram :)


    R : Já me ligaram *_*

    ResponderEliminar
  3. Aqueles que já partiram, deixam sempre tanta saudade e um espaço vazio no coraçcoração!

    ResponderEliminar
  4. Chorei ao ler isto, e tu mais que ninguém sabes o porque. Afinal, uma das pessoas de quem falas também fazia parte de mim. Uma pessoa que sempre que recordo me faz chorar de saudades ao lembrar os momentos que passamos juntas. Mas sei e acredito que olha por todos nós e um dia estaremos todos juntos.

    ResponderEliminar
  5. É preciso mesmo arriscar!! :)

    É difícil deparar-mo-nos com a constante ausência daqueles que amámos. Aprendi a lidar com a saudade pode demorar... Um beijo de força!

    ResponderEliminar
  6. Eu sei o que é perder alguém , já perdi muita gente , força ! Se precisares podes contar comigo.

    ResponderEliminar
  7. Eu acredito que enquanto recordarmos aqueles que amamos eles nunca morrem verdadeiramente. Vivem em nós.

    ResponderEliminar
  8. r: a nossa felicidade acima de tudo :)

    ResponderEliminar

"Sei que só há uma liberdade: a do pensamento."
-Antoine de Saint-Exupéry