domingo, 28 de junho de 2015

Momentos felizes


(se alguém quiser retirar a imagem por favor pedir)


No primeiro fim-de-semana a celebrar o Verão lá fui passear em família e adorei o sítio (:
Depois de uma pequena caminhada que foi bastante engraçada até deu para hoje ainda passear um pouco. 
Os momentos com a família são sempre felizes e o que não faltam são fotografias, mas essas são às dezenas. Mas deixo-vos essa fotografia que é das que mais gostei da paisagem. Foram sem dúvida dois daqueles dias que gravo na memória e que acarinho com um sorriso sempre que os recordo.
Espero que o vosso fim-de-semana também tenha sido muito bom! 
E um bom restinho de domingo*

Love, S.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

#05


pinkheartsandsparkledreams.tumblr.com

Tenho uma "paixão" por mirtilos desde há muitos anos. 
Não que esteja sempre a comprá-los e a comer sem parar, até porque muitas vezes não estão à venda sem ser congelados ou até porque me parece que algumas vezes exageram no preço. Mas mesmo assim as vezes em que posso trincar alguns são simplesmente fantásticas, porque não sei como o explicar mas o sabor dos mirtilos é simplesmente óptimo.
Há uns dias compraram-me alguns e estou deliciada.

E vocês? Alguma vez provaram ou gostam?

Love, S.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Simplesmente


Tumblr

Quando paro por momentos e me sento simplesmente nas escadas simplesmente observo.
 As flores cor de rosa escuro que parece que de papel foram feitas e que mesmo quando acabam por cair da pequena árvore mantêm a sua cor tão viva como quando estavam nos ramos. Não sei o que me prende tanto o olhar nelas. Talvez seja a forma como o meu olhar é para elas direccionado pela cor, talvez a forma como adornam o quintal ou como quando estou sentada as vejo contrastar com o céu. Complementam o espetáculo maravilhoso do pôr do sol. 
O céu neste momento ainda está claro, mas já surgem contornos laranja nas nuvens de uma forma tão subtil que quem estiver alheio a estes pormenores não repara. 
Mas eu admiro com muita atenção alguns momentos do dia que se podem repetir diariamente mas nos quais acho sempre beleza. Como o pequeno pássaro que pousou agora na vedação, como muitos outros pousam todos os dias, mas poder observar a natureza a seguir o seu curso vai sempre ser algo que me fascina.
E em momentos destes em que simplesmente observo sinto-me renovada com o a brisa que dança entre os meus cabelos e com uma ou outra andorinha que passa bem perto de mim. É bom parar às vezes para simplesmente poder observar e não me limitando a somente olhar como acontece.


Love, S.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Finalmente livre (espero)



E como já há tanto esperava, estou livre dos exames (espero eu). As notas ainda vão demorar até serem afixadas mas pelo menos algum descanso vou ter. Descanso que já não tinha há algum tempo e que estava mesmo a precisar. 
O verão começou oficialmente ontem, mas eu estive este fim de semana a reunir as energias necessárias para regressar à blogosfera. E já tinha tantas saudades deste pequeno mas grande mundo com o qual tanto me identifico.

Tenham uma boa semana (:

Love, S.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

I'm sorry...



Peço desculpa pela ausência e por não conseguir ter respondido os comentários ou ver os vossos blogues. Acreditem que quem me dera poder ler o que escrevem e comentar... Mas esta semana está mesmo complicada, e este é um momento extremamente raro em que tive tempo para vir cá. Quando os exames acabarem vou andar por aqui feliz a viajar pela blogosfera e já vou ter o descanso que sinto que mereço. Espero que a neura dos exames me passe depressa até porque o de hoje assustou-me um bocado e não faço ideia de que nota vou ter e o próximo é já 6ª.
Volto em breve!

Love, S.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

#04


Tumblr

(Como não sabia bem o que escrever vou fazer um post da rubrica com #, que para quem não saiba aqui no blog é algo random sobre a mim)

Sempre quis, desde bem pequenina, um dia poder ser escritora. Mas não como profissão, mas sim algo de tempos livres e apenas pelo simples prazer que tenho em escrever. Pelo gosto que tenho em articular palavras que dão origens a frases, que consequentemente formam parágrafos, que se transformam em capítulos.
Porém, acho que ainda iria ter muito por onde trabalhar e desenvolver a minha escrita, porque não acho que seja boa o suficiente (um dos meus problemas mais comuns que é achar que podia fazer tudo pelo menos um bocadinho melhor).
Quem sabe um dia consiga realizar esse sonho, mas vou-me mantendo sempre por aqui. O mundo dos blogues é algo sem o qual já não passo (:


Love, S.

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Os exames


school

O tempo ficou subitamente nublado. De repente quando olhei lá para fora estavam nuvens cinzentas a cobrir todo o céu e começou a soprar uma brisa um pouco desagradável, logo na altura em que acabei a minha "quota de estudo diário"!
É verdade que de manhã esteve bom tempo e que eu dei um pequeno passeio. Mas foram umas escassas horas que passaram por mim a voar... E o tempo do estudo é que bem que se prolonga. 
Sei que isto é um esforço final. Mas o problema é que para alguém como eu que sempre se esforçou parece que é agora nestas últimas semanas que a vontade desapareceu por completo. Parece que não há força alguma para estar a ler dois livros de preparação para o exame com cerca de 400 páginas cada um. E isso tirando os exercícios.
Hoje o otimismo não está comigo. E depois é isto! Ter de escrever com o novo acordo que tanto odeio, mas como começa a contar como erro as palavras escritas com o acordo antigo tenho de me habituar.

Espero que o vosso feriado tenha sido bom!

Love, S.

domingo, 7 de junho de 2015

Fim-de-semana fora


(imagem retirada da internet)

Peço desculpa pela minha ausência mas este fim-de-semana não estive por cá. Tive dois dias de família no litoral alentejano que sempre fez maravilhas ao estado de espírito. Adoro passar pelas praias alentejanas, a calma da paisagem e aqueles "ares". 
Não é por ser cliché mas sempre quis viver perto do mar porque é uma força da natureza à qual sempre estive muito ligada. É algo essencial sem o qual não passo muito tempo, mesmo que seja só para dar um passeio à beira mar em pleno inverno mas tem de ser! 

O resto de um bom domingo, que já só tem umas horas mas mais vale aproveitar (:

Love, S.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Regresso do sol e eu doente


light

Hoje é um bom dia porque voltou o tempo maravilhoso! O sol brilha intensamente e mal abri os estores do meu quarto a luminosidade maravilhosa de um dia primaveril mas quase de verão inundou as paredes um ligeiro sorriso nasceu na minha cara ainda de sono, até que... percebi que as dores de garganta que tinham começado ontem pioraram :(
E assim o meu sorriso quanto ao dia bonito evaporou-se e só tive tempo de me lamentar porque às dores de garganta seguiram-se as da cabeça que escalaram rapidamente. Eu não sou pessoa de faltar à escola, mesmo que seja a última semana, mas tive de ficar em casa e dormir mais um pouco porque foi uma daquelas noites em que parece que dormi mas em que na verdade não descansei. Acordei sem vontade nenhuma de pegar nos livros de exame para estudar e decidi vir dar um pulo aqui ao blog porque é algo que me dá logo melhor disposição.
Enfim as dores de garganta insistem em atormentar-me mas espero que isto passe rapidamente por favor porque eu gosto tanto de aproveitar o bom tempo!

Tenham um bom dia*

Love, S.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Fã da vida



Sou uma eterna fã da vida. Este fenómeno tão complexo que começa quase como por acaso e acaba um dia porque tem de ser. Sou fã dos momentos que nos deixam sem fôlego, aqueles momentos que nos agitam e nos fazem sorrir, pular, cantar, falar sem parar, dançar, enfim todos os momentos que se gravam na nossa memória e por mais que o tempo passe esses estão lá, mais vivos do que qualquer fotografia e captando muito mais do que qualquer máquina fotográfica poderia captar. Porque a verdade é que ainda não existe (ou pelo menos desconheço a existência) de algo que seja igual à nossa mente, à nossa memória, algo capaz de guardar todos os sentimentos, pensamentos, desabafos, ambições e muito mais de nós pessoas que por aqui andamos vivendo. 
Nem tudo  é um mar de rosas, mas também nem tudo será um mar de espinhos.
Sou fã da vida, volto a repetir. Porque a sucessão de todos os momentos desde que nascemos até agora e todos aqueles que se irão ainda suceder fazem de nós quem somos, pessoas perfeitamente imperfeitas. Eu tenho orgulho em tudo o que vivi até aqui e houve momentos em que foi extremamente complicado conseguir abafar no meu peito a tristeza que senti, mas os momentos bons, aqueles mesmo felizes e que nos completam, esses valem mais que mil momentos maus misturados entre si com as teias da nossa tristeza, raiva e frustração. Os momentos maus ajudam-nos a crescer.
Mas obviamente irei sempre preferir os bons. Porque sempre que me recordo de algo que já anteriormente me fez rir sem parar parece que um pouco dessa felicidade a mim regressa, mostrando-me que tudo pode melhorar e que se procurarmos bem existem tantas razões pelas quais nos podemos sentir bem mas as quais nem sempre vemos.
Não escrevo isto fingindo que sou uma pessoa feliz todos os dias a toda a hora, porque não o sou, mas a verdade é que cada vez mais tento mudar a minha perspectiva acerca do que vou vivendo e tento mudar a tendência para o pessimismo que, por vezes, é mais fácil do que tentar ser positiva.

" Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida. - Séneca"

Love, S.