segunda-feira, 1 de junho de 2015

Fã da vida



Sou uma eterna fã da vida. Este fenómeno tão complexo que começa quase como por acaso e acaba um dia porque tem de ser. Sou fã dos momentos que nos deixam sem fôlego, aqueles momentos que nos agitam e nos fazem sorrir, pular, cantar, falar sem parar, dançar, enfim todos os momentos que se gravam na nossa memória e por mais que o tempo passe esses estão lá, mais vivos do que qualquer fotografia e captando muito mais do que qualquer máquina fotográfica poderia captar. Porque a verdade é que ainda não existe (ou pelo menos desconheço a existência) de algo que seja igual à nossa mente, à nossa memória, algo capaz de guardar todos os sentimentos, pensamentos, desabafos, ambições e muito mais de nós pessoas que por aqui andamos vivendo. 
Nem tudo  é um mar de rosas, mas também nem tudo será um mar de espinhos.
Sou fã da vida, volto a repetir. Porque a sucessão de todos os momentos desde que nascemos até agora e todos aqueles que se irão ainda suceder fazem de nós quem somos, pessoas perfeitamente imperfeitas. Eu tenho orgulho em tudo o que vivi até aqui e houve momentos em que foi extremamente complicado conseguir abafar no meu peito a tristeza que senti, mas os momentos bons, aqueles mesmo felizes e que nos completam, esses valem mais que mil momentos maus misturados entre si com as teias da nossa tristeza, raiva e frustração. Os momentos maus ajudam-nos a crescer.
Mas obviamente irei sempre preferir os bons. Porque sempre que me recordo de algo que já anteriormente me fez rir sem parar parece que um pouco dessa felicidade a mim regressa, mostrando-me que tudo pode melhorar e que se procurarmos bem existem tantas razões pelas quais nos podemos sentir bem mas as quais nem sempre vemos.
Não escrevo isto fingindo que sou uma pessoa feliz todos os dias a toda a hora, porque não o sou, mas a verdade é que cada vez mais tento mudar a minha perspectiva acerca do que vou vivendo e tento mudar a tendência para o pessimismo que, por vezes, é mais fácil do que tentar ser positiva.

" Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida. - Séneca"

Love, S.

6 comentários:

  1. E é esta postura que devemos ter perante a vida.
    Escreves sempre tão acertadamente.

    ResponderEliminar
  2. adorei o que escreveste :) identifico-me muito, nem tudo é um mar de rosas mas mesmo assim a parte que vence é a de que a vida é bela e que devíamos valorizar ;) beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Recordar os bons momentos com mais carinho é normal, mas é muito bom ter consciência que foram os bons e os maus que nos tornaram quem somos hoje.

    ResponderEliminar
  4. A vida é o melhor que temos, adorei o texto :)

    ResponderEliminar
  5. Sermos fãs da vida é "meio caminho andado" para a sabermos viver. Eu tenho dias. Tento sempre ver as coisas por esse lado (e que bonito que esse lado é) mas há situações mais chatas que me deitam por terra.
    Obrigada pela mensagem maravilhosa *

    ResponderEliminar

"Sei que só há uma liberdade: a do pensamento."
-Antoine de Saint-Exupéry